A Pena de Morte e os Direitos Humanos

Estranhei este post da Susaninha no Apaniguado, porque achei estranho que o actual (e novo) secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), entidade "responsável" pela Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH).


Por esse motivo, e pensando que a tradução pudesse, de alguma forma, não estar de acordo com o original, visitei a página da ONU e pasmei...


Na página da ONU (entidade "responsável" para DUDH), na secção do secretário-geral da organização (ou seja, aqui) diz:




«“Saddam Hussein was responsible for committing heinous crimes and unspeakable atrocities against the Iraqi people,” he noted. “We should never forget the victims of his crimes. The issue of capital punishment is for each and every Member State to decide.»



O meu espanto foi ainda maior ao verificar que este artigo termina com:




«“As a Secretary-General, at the same time, while I am firmly against impunity, I also hope that the members of the international community should pay due regard to all aspects of international humanitarian laws. During my entire tenure, I will try my best to help Member States, the international community, to strengthen the rule of law.”»



No primeiro dia de "experiência", na sua primeira conferência de imprensa, Ki-moon consegue não apenas ser contraditório, como deitar para as costas o principal instrumento que deve nortear a intervenção da ONU.



Será que Ki-moon, não quis agitar as águas dos EUA?
Será que Ki-moon estará a pagar algum apoio à sua eleição?

Como diz a Susaninha... "começamos mal", muito mal mesmo. Resta saber... onde vamos chegar.


* o negrito é da minha autoria
publicado por MAV às 22:55