EM AGENDA

29/04/2011
Comunicação nas Jornadas Nortenhas de Mediação (Porto)
------------------
19, 20 e 21/05/2011
Formador do Curso Básico de Criminologia promovido pela AIDSS (Lisboa)
------------------

mais sobre mim

subscrever feeds

as minhas fotos

Sexta-feira, 01 DE Junho DE 2007

Opiniões...

... são opiniões, e eu identifico-me com essa:




«A melhor prenda que poderíamos dar às crianças no dia da criança era muda-lo para o primeiro Sábado de Junho.Se é para ter algum significado, eles na escola, nós a trabalhar não me parece a melhor opção. A prenda que eu queria dar e receber hoje era poder passar o dia inteiro com os meus filhos.
Não deixo de lhes dar uma prenda, mal por mal é uma boa forma de disciplinar o consumismo, haver estes "marcos", mas não consigo deixar de sentir que de certa forma dou, não uma prenda mas um pedido de desculpas por hoje passarmos o dia separados.
Claro que posso compensar amanhã, e domingo, mas já não é dia da criança. Já não é mágico para eles. Devia ser.
E nós adultos somos muito egoístas, porque no dia do trabalhador não trabalhamos...
»


 


MAV

publicado por MAV às 14:22
Sexta-feira, 01 DE Junho DE 2007

Sem Comentários...

... ou os momentos em que os títulos são suficientes.

MAV

publicado por MAV às 14:12
Sexta-feira, 01 DE Junho DE 2007

Pois Claro...

O Diário de Notícias (pelo menos) avança hoje com a informação de que «O Tribunal de Contas (TC) detectou despesas públicas irregulares num valor superior a 700 milhões nas auditorias realizadas no ano passado.» [via].


 


O governo, na pessoa do ministro Teixeira dos Santos, confrontado com esta informação começa por desvalorizar a mesma, visto que os 700 milhões dizem respeito a «1 por cento do total da despesa do sector público administrativo» [via].


 


Uma ninharia portanto, esses 700 milhões de euros...


 


Se Teixeira dos Santos ficasse por aqui, ainda davamos um desconto, mas a verdade é que o mesmo complementa esta desvalorização, referindo que nem todas estas despesas foram realmente ilegais, visto que exitem «divergências entre os serviços do Ministério das Finanças e o TC quanto à interpretação jurídica»[via].


 


Ou seja, a culpa destas despesas irregulares não é do Estado nem de quem as ordenou e aprovou, mas sim, pura e simplesmente, da lei em vigor... Pois claro...


 


MAV

publicado por MAV às 13:44

pesquisar

 

Junho 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
19
21
22
23
24
30

comentários recentes

  • A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
  • É homenagem a Portugal não vã...
  • obrigado pela informação
  • Buy your World Email Databases - Connect the World...
  • boas,caros colegas, acho impressionante o que se p...
  • Antes de mais dou os parabéns pelo bom gosto com q...
  • Parabéns pelo destaque!
  • Infelizmente a Troika não nos "safa" dos espertos....
  • Gostava de o desafiar a visitar o blog "Dez a fio"...
  • Bom dia,O Ideal Social está novamente em destaque ...

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links