EM AGENDA

29/04/2011
Comunicação nas Jornadas Nortenhas de Mediação (Porto)
------------------
19, 20 e 21/05/2011
Formador do Curso Básico de Criminologia promovido pela AIDSS (Lisboa)
------------------

mais sobre mim

subscrever feeds

as minhas fotos

Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

Quando uma Imagem diz Tudo


[via]

MAV

publicado por MAV às 23:19
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

Problema de Intensidade...

Caro Ronin:


Não misturemos os assuntos... o que aqui discutimos não tem a ver com o encerramento das urgências hospitalares. Estou certo que existiriam outros locais onde diminuir os orçamentos, que permitissem manter essas urgências.


Mas diz-me:


Como avaliariamos se estamos a falar de uso ou de abuso? Pelos segundos que uma pessoa utilizaria o aparelho? Durante quanto tempo? Dependendo do tipo de headphones utilizados? Pela intensidade do mesmo?

publicado por MAV às 16:38
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

As Minhas Notícias do Dia (06.06.07)

Comissões em perigo de partidarização (Jornal de Notícias)

«A secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz, alertou para o perigo da partidarização das comissões de protecção de crianças e jovens comprometer o "trabalho positivo" que está a ser feito.»

Solidariedade: Associação Raríssimas lança caompanha para construir espaço para crianças com doenças raras (Lusa, by Sapo)
«A Associação Nacional de Pessoas com Deficiências Mentais e Raras (Raríssimas) lança hoje uma campanha que visa angariar fundos para a construção de uma casa de acolhimento e atendimento a crianças com patologias raras.»

Governo aprova plano nacional contra o tráfico de seres humanos (Expresso, by Lusa)
«O Conselho de Ministros aprovou hoje o primeiro plano nacional contra o tráfico de seres humanos, em vigor até 2010, que visa o combate a este fenómeno, "cada vez mais na agenda internacional e europeia"»
publicado por MAV às 16:09
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

Finalmente

«O casal McCann foi hoje confrontado pela primeira vez em público sobre a sua atitude de deixar os três filhos a dormir sozinhos em casa e com o facto de terem sido considerados suspeitos.» [aqui]


 


MAV

publicado por MAV às 15:59
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

A Saúde enquanto Direito Social

Caro Pedro e Ronin: Permitam-me envolver-me no debate que estão a desenvolver…


Parece-me que estão (estamos) a ter um debate ideológico, mais do que um debate sobre o papel da saúde. Estamos a desenvolver, essencialmente, um debate sobre o papel social do Estado, não apenas na saúde, mas que podemos generalizar para todos os direitos sociais consagrados na Constituição da Republica Portuguesa, nos seus artigos 63º e seguintes.


Mas, especificando na saúde, o que debatemos é o ponto até ao qual concordamos com os pressupostos presentes na legislação portuguesa (desde 1979 com a criação do Sistema Nacional de Saúde) que, defendia que o Estado deveria assegurar o direito à saúde (promoção, prevenção e vigilância) a todos os cidadãos. Aliás, este alargamento a todos os cidadãos tem origem antes do 25 de Abril de 1974, mais concretamente, em 1971, com a reforma de Gonçalves Ferreira.


Pessoalmente, talvez por defeito de formação, acredito no Estado Social. Num estado que defenda, promova e intervenha, no sentido de assegurar os direitos sociais de todos os cidadãos.


Não tenho, contudo, uma visão marxista da saúde. Acredito, isso sim, numa perspectiva de acção/intervenção integrada público-privada na mesma, onde o Estado assegure (o que faz cada vez menos) o direito à saúde, abrindo contudo, a porta à iniciativa privada (de qualidade…). Visão essa que, aliás, já está prevista na Lei de Bases da Saúde publicada em 1990, embora, a aplicação dos normativos legais deixe a desejar (mas isso seria tema para outro debate…).


Temo, que a tentativa de especificar determinadas situações, leve ao fim deste Estado Social, porque seria impossível não o alargar a todas as outras situações: discotecas, tabaco, álcool. Se assim fosse, porque haveríamos de pagar os cuidados de saúde a alguém que quebra uma perna… não corresse; porque haveríamos de pagar os cuidados de saúde a alguém que vai ter um filho… não o fizesse; etc., etc., etc….


Aliás… quem me garante que determinados problemas respiratórios não se deveriam ao dióxido de carbono que existe nas “ruas”, ficasse em casa…


Não significa isto que não deva, o mesmo Estado Social, promover comportamentos saúdaveis através, claro, de acções de promoção, devidamente estruturadas e articuladas, o que infelizmente não acontece. É que na área da promoção da saúde pouco se faz e o pouco que se faz, na maior parte dos casos, faz-se mal.


Preocupa-me, por exemplo (e desculpa Pedro), que a maior parte destas situações fique a cargo de médicos que, salvo raras excepções (que espero sejam ultrapassadas com as formações actual) nada percebem de saúde, mas sim de doença...


MAV

publicado por MAV às 15:42
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

Grandes Notícias

 




MAV

publicado por MAV às 13:45
Quarta-feira, 06 DE Junho DE 2007

Pergunta do Dia (de Ontem)

QUANTO CUSTA O PRESTÍGIO DE UM PAÍS?


(c) PFutebpç


MAV

publicado por MAV às 02:45

pesquisar

 

Junho 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
19
21
22
23
24
30

comentários recentes

  • A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
  • É homenagem a Portugal não vã...
  • obrigado pela informação
  • Buy your World Email Databases - Connect the World...
  • boas,caros colegas, acho impressionante o que se p...
  • Antes de mais dou os parabéns pelo bom gosto com q...
  • Parabéns pelo destaque!
  • Infelizmente a Troika não nos "safa" dos espertos....
  • Gostava de o desafiar a visitar o blog "Dez a fio"...
  • Bom dia,O Ideal Social está novamente em destaque ...

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links