mais uma etapa do cavaquismo socrático

Cada vez mais nos convencemos (pelo menos isso acontece comigo) que José Sócrates tenta imitar, em algumas das suas formas de actuação política, aquela que foi a metodologia de Cavaco Silva entre 1985 e 1995. E, se Cavaco apoiou Soares nas presidenciais que o reelegeram, agora é altura do mesmo ser apoiado.

Obviamente, numa altura em que o primeiro-ministro necessita de ir roubar votos à esquerda para tentar assegurar a segunda maioria, nada melhor do que o presidente da assembleia da república para dar esse passo.

publicado por MAV às 23:51