ricardo "mãos leves" rodrigues

O que ontem veio a lume sobre o comportamento do deputado do Partido Socialista, Ricardo Rodrigues é inadmissível, demonstrando uma total falta de noção do que é, e deve ser, a democracia e a liberdade de imprensa.

Mas, pior do que isso, é ver que muitos dos comentários esquecem algo importante: os crimes que o mesmo cometeu com o acto que foi por ele (licenciado em direito, e por isso conhecedor - espera-se - das leis) praticou. E, neste âmbito, não deixam de ser curiosas as notícias que falam em "apropriação", em ter "tomado posse"... já terão ouvido falar num termo mais simples: "furto" (entre muitas outras tipologias criminais que poderão estar envolvidas)?

Mas tudo torna-se ainda pior quando, 24 horas depois de se ter conhecido os factos, este senhor deputado à AR, continua isso mesmo, deputado. Principalmente tendo em conta as responsabilidades que o mesmo tem relacionados com esse cargo.

 

Não pode estar em causa as perguntas que lhe estavam a ser colocadas. Não concordando com elas seria livre de terminar a entrevista a qualquer momento, mas isso não o autoriza a cometer os actos que cometeu.

publicado por MAV às 17:41