Que seja a primeira de muitas...

Expresso: Sócrates encara "Não" irlandês como derrota pessoal
publicado por MAV às 22:47