do humanismo nos serviços de saúde!

Ao que parece, e baseando-me nas palavras de umas das clientes do Serviço Nacional de Saúde que ficou cega no (infelizmente) famoso caso do Hospital de Santa Maria, a melhor forma encontrada para explicar a estes que tinha ocorrido um problema (ou erro, ou crime...) que originou a aplicação dum produto tóxico em vez do medicamento pretendido, foi a seguinte:

«Tivemos azar e vocês também. A injecção não devia ter sido aquela» [link]

No mínimo... lamentável.

publicado por MAV às 15:13