promessas, mas pouco...

Se existe algo em que o actual governo do PS liderado por José Sócrates deve ser elogiado (e não serão muitos os casos) será a aposta na construção de respostas sociais, consubstanciados em programas como o PARES, embora as normas para o acesso e utilização deste programa tenham diversos aspectos em que possam ser melhorados.

Também por isso acho curioso o facto de José Sócrates apontar a criação de creches como "nova prioridade", visto José Sócrates estar a "aproveitar" algo que já existe e está em curso para apresentar como promessa (algo que ele próprio reconhece) para um (potencial) novo mandato.

E daqui só posso tirar duas possibilidades (que se cruzam):

Ou José Sócrates não tem propostas para apresentar ou não quer entrar em avaliações do mandato que agora termina, o que aliás poderá ser visível com a comparação entre o número de posts dedicados ás propostas do PS (e avaliação do mandato actual) com aqueles dedicados às criticas às do outros partidos, aqui, por exemplo.

publicado por MAV às 03:34