o regresso ao nosso fado

Já se sentia a falta, mas ela esta de volta.

Falo da nossa tão querida e sempre presente máquina de calcular, fundamental para acompanharmos os finais das fases de apuramentos para os europeus e mundiais de futebol.

O problema é que, neste momento, a máquina tem que ser das científicas, e mesmo essas só permitirão tentar saber se vamos a um decisivo jogo de "mata-mata"...

publicado por MAV às 05:21