20 anos depois ...

ainda muito falta fazer para salvaguardar todos os direitos de todas as crianças.

publicado por MAV às 14:35