as coisas que eu ouço...

E, de delírio em delírio, sussurraram-me agora que alguém que tinha prometido alguma coisa em troca de apoio nas passadas eleições autárquicas, falou com determinados elementos de uma determinada instituição e lhes disse que afinal não iria haver dinheiro para ninguém. A ideia é agora, tomar conta (na "secretaria") dessa instituição por interposta pessoa, e só aí o dinheiro surgirá.

Será que terá alguma coisa a ver com pseudo processos de fiscalização de evaporaram? 

 Que sorte é viver em Vila Real e em Portugal, um distrito e um país onde isto nunca poderia acontecer...

publicado por MAV às 00:31