um alegre desespero...

Manuel Alegre afirmou hoje que, se fosse Presidente da República, escreveria uma carta à administração da Portugal Telecom, referindo que considera uma imoralidade o facto de, num momento de crise como este, ocorrer uma distribuição de dividendos que ficará livre de impostos.

Isto só pode levar a uma conclusão.

Manuel Alegre e os elementos da sua campanha, já não sabem o que fazer e o que dizer, para tentar manter Alegre numa corrida, onde cada vez mais, ele aparece como derrotado.

publicado por MAV às 17:18