EM AGENDA

29/04/2011
Comunicação nas Jornadas Nortenhas de Mediação (Porto)
------------------
19, 20 e 21/05/2011
Formador do Curso Básico de Criminologia promovido pela AIDSS (Lisboa)
------------------

mais sobre mim

as minhas fotos

Quinta-feira, 19 DE Novembro DE 2009

farto destas merdas...

Portugal foi apurado para o Mundial de Futebol do próximo ano. Custou, foi difícil, mas estamos lá. Parabéns aos jogadores e à equipa técnica e em especial a Carlos Queiroz.

E é exactamente sobre este último, ou sobre as críticas que lhe são feitas que gostaria de escrever algumas palavras.

Começo a ficar bastante farto de algumas críticas que lhe são apontadas. Se em alguns casos existe razão, não podemos esquecer que Queiroz herdou uma equipa desfeita, uma selecção que não preparou a transição para uma nova geração.

Scolari, na verdade, (quase) mais não fez do que pegar numa estrutura trabalhada e treinada por Mourinho no FCPorto, e construir à sua volta uma equipa para as competições que enfrentou. No final do reinado de Scolari, muitos jogadores foram saindo, deixando de jogar e nada foi preparado.

E foi esta a selecção que Queiroz herdou. Sem uma lógica de jogo, sem uma estrutura definida, e com uma fase de apuramento totalmente definida (no que à ordenação dos jogos respeita) decidida também por Scolari. Alguém perguntou se Queirós concordava com esse calendário? Com a filosofia que orientou essa escolha?

Por isso estou farto de muitas das criticas a Queiroz, de muito do que vai sendo dito por aí, ressalvando sempre o óptimo trabalho que foi feito por Scolari, algo com o qual não concordo.

publicado por MAV às 00:29
Quinta-feira, 28 DE Agosto DE 2008

finalmente...

Não fiz nenhum comentário sobre a não convocatória de Ricardo para o anterior particular, por não saber até que ponto essa era uma verdadeira opção ou apenas uma forma de analisar outros jogadores por parte de Carlos Queiroz. Contudo, e ao que parece pela convocatória para os primeiros encontros oficiais da selecção nacional no apuramento para o mundial de 2010, Ricardo será uma carta fora do baralho.

Se é verdade que fui um daqueles que nunca concordou com a titularidade de Ricardo, expresso agora as minhas dúvidas sobre o merecimento ou não do guarda-redes ser chamado á selecção. Nunca como titular, mas a questão que fica é se Ricardo não estará na lista dos três melhores guarda-redes nacionais.

E é aqui que tenho que concordar com Carlos Queiróz. Não sei se Ricardo estará ou não nessa lista, pelo simples facto de não estar a jogar, e sempre defendi que uma selecção deverá ser uma selecção dos que, num determinado momento, estão em melhor forma e com maior ritmo competitivo.

Carlos Queiroz saberá. Eu aplaudo o seleccionador, acreditando que, e ao contrário de anteriores seleccionadores, se Ricardo (ou outro jogador) estiver em melhor forma que jogadores da mesma posição, a opção recairá por ele. Enquanto tal não acontecer, não é convocado.

 

Uma última nota: bom regresso Maniche...

publicado por MAV às 18:59

pesquisar

 

Outubro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
  • É homenagem a Portugal não vã...
  • obrigado pela informação
  • Buy your World Email Databases - Connect the World...
  • boas,caros colegas, acho impressionante o que se p...
  • Antes de mais dou os parabéns pelo bom gosto com q...
  • Parabéns pelo destaque!
  • Infelizmente a Troika não nos "safa" dos espertos....
  • Gostava de o desafiar a visitar o blog "Dez a fio"...
  • Bom dia,O Ideal Social está novamente em destaque ...

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links