EM AGENDA

29/04/2011
Comunicação nas Jornadas Nortenhas de Mediação (Porto)
------------------
19, 20 e 21/05/2011
Formador do Curso Básico de Criminologia promovido pela AIDSS (Lisboa)
------------------

mais sobre mim

as minhas fotos

Terça-feira, 26 DE Agosto DE 2008

o descrédito no serviço nacional de saúde

Ao que parece (e segundo notícia o expresso), o sistema privado de saúde está em clara evolução. Em 2007 os portugueses gastaram (entre seguros de saúde e o recurso a hospitais e clínicas privadas) quase 700 milhões de euros.

 

Acredito que apareça alguém a contrapor com a crise económica, defendendo que estes números apenas demonstram que nem tudo vai tão mal quanto pareceria, que ainda existe capacidade de promoção do bem-estar por parte dos portugueses.

Contudo, e o que poderia parecer positivo não está relacionado (como saberemos) com a capacidade económica da população, mas sim com o facto da saúde ser um bem fundamental.

 

Sendo um bem fundamental e imprescindível (não devendo ser esquecido o possível impacto do encerramento de serviços de saúde em Portugal, produzido por este governo - atente-se ao que está a acontecer em Chaves), estes dados apenas demonstram o completo e total descrédito em que o Sistema Nacional de Saúde entrou.

publicado por MAV às 03:10
Domingo, 27 DE Janeiro DE 2008

"Cenas" dum Sistema de Saúde Universal (ii)

publicado por MAV às 14:59
Sábado, 26 DE Janeiro DE 2008

"Cenas" dum Sistema de Saúde Universal

publicado por MAV às 22:02
Sexta-feira, 25 DE Janeiro DE 2008

Este Ministro é uma Piada...


Correia de Campos em entrevista ao Expresso

publicado por MAV às 22:54
Domingo, 20 DE Janeiro DE 2008

Em defesa do Serviço Nacional de Saúde geral, universal e gratuito

Porque o acesso à saúde deve estar disponível para todos, independentemente da classe social, do local onde moram. Porque a saúde (e o Sistema Nacional de Saúde) é um DIREITO, fica a petição...




A actual política de saúde, em especial o encerramento de serviços e o corte de despesas necessárias ao seu bom funcionamento, tem degradado o Serviço Nacional de Saúde: o acesso é mais difícil e a qualidade da assistência está ameaçada.




O SNS é a razão do progresso verificado nas últimas décadas na saúde dos portugueses. Ao serviço de todos, tem sido um factor de igualdade e coesão social.




Os impostos dos portugueses garantem o orçamento do SNS e permitem que a sua assistência seja gratuita. Não é legítimo nem justificado exigir mais pagamentos.




Os signatários, reclamam da Assembleia da República o debate e as decisões políticas necessárias ao reforço da responsabilidade do Estado no financiamento, na gestão e na prestação de cuidados de saúde, através do SNS geral, universal e gratuito.




Sincerely,




The Undersigned
publicado por MAV às 01:46

pesquisar

 

Outubro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

comentários recentes

  • A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
  • É homenagem a Portugal não vã...
  • obrigado pela informação
  • Buy your World Email Databases - Connect the World...
  • boas,caros colegas, acho impressionante o que se p...
  • Antes de mais dou os parabéns pelo bom gosto com q...
  • Parabéns pelo destaque!
  • Infelizmente a Troika não nos "safa" dos espertos....
  • Gostava de o desafiar a visitar o blog "Dez a fio"...
  • Bom dia,O Ideal Social está novamente em destaque ...

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links