os fundamentalismos das leis anti-tabágicas

Como já nos apercebemos, e como tornou-se claro com a nova legislação antitabágica em Portugal, existem fundamentalismos que não se conseguem compreender. Felizmente, ou infelizmente, não é apenas em Portugal que tal acontece.

Na Holanda, país tradicionalmente mais moderado nestes aspectos legislativos, também o fundamentalismo está a fazer das suas. Como pode ler aqui, a partir de hoje é proibido fumar tabaco em estabelecimentos de hotelaria e restauração, inclusivé nos locais onde tal não acontece em relação às, ditas, drogas leves - as coffee-shops.. 

 

Conclusão: os clientes que queiram consumir estas drogas leves (por exemplo haxixe) nos referidos estabelecimentos, terão que o fazer na forma pura, não os podendo misturar com... TABACO.

 

NOTA: Não deixa de ser um aspecto a ter de ser considerado por aqueles que defendem a liberalização do consumo (se é que ele já não existe) de drogas leves.

publicado por MAV às 19:17