QUEM SOU



lic. em trabalho social
pg em int. social: criminologia
mestre em serviço social

trabalhador social

docente do ensino superior




membro da direcção

EM AGENDA

29/04/2011
Comunicação nas Jornadas Nortenhas de Mediação (Porto)
------------------
19, 20 e 21/05/2011
Formador do Curso Básico de Criminologia promovido pela AIDSS (Lisboa)
------------------

mais sobre mim

NAS REDES SOCIAIS

SUBSCREVO / APOIO

as minhas fotos

A partir de agora, e com o objectivo de agregar a minha página e o meu blog num único local, este blog passa a estar em http://miguelangelovalerio.wordpress.com

Domingo, 25 DE Novembro DE 2007

Vidas...

Musicalmente falando, ele já morreu várias vezes, mas sempre ressuscitou e cada vez mais forte. 40 anos depois ele continua a ser um fenómeno, apreciado por pessoas dos 8 aos 80, e comemora esta data com um concerto no Campo Pequeno.


O que se segue é a letra de uma das minhas músicas favoritas, de José Cid...



Recortaste a luz da lua
E colaste um papelão,
Escreveste assim: "Sou tua"
E eu fiquei nessa ilusão.

Encontrei-te hoje na rua
E nem me deste atenção.
Afinal qual é a tua
Coração de papelão?

Então Chorei
E até pensei:
"Amar assim para quê?"

Meu bem eu sei
Fingir que chorei.
Sempre quis (sempre quis)
Namorar (namorar)
Com você (sempre quis meu amor namorar com você).

Se essa rua fosse minha
Eu mandava-a ladrilhar
Com o brilho dos teus olhos
Só para o meu amor passar.

Encontrei-te hoje na rua
E nem me deste atenção.
Afinal qual é a tua
Coração de papelão?

Então Chorei
E até pensei:
"Amar assim para quê?"

Meu bem eu sei
Fingir que chorei.
Sempre quis (sempre quis)
Namorar (namorar)
Com você (sempre quis meu amor namorar com você).

Se essa rua fosse minha
Eu mandava-a ladrilhar
Com o brilho dos teus olhos
Só para o meu amor passar.

Encontrei-te hoje na rua
E nem me deste atenção.
Afinal qual é a tua
Coração de papelão?

Coração de papelão
publicado por MAV às 00:21
Sábado, 18 DE Agosto DE 2007

Grandes Frases...

(C) http://www.cantodaterra.net/José Cid é um cantor de quem se gosta ou se quem se odeia. Pessoalmente, a música dele agrada-me e é uma (a música, claro) das minhas companhias nas viagens que faço. Mas, e para além das suas músicas, também aprecio o espírito critico que tem.


Embora não concorde com muitas das suas opiniões relativas à republica vs monarquia, e ao ler a entrevista que hoje surgiu no Jornal de Notícias [ver aqui], não pude deixar de largar um sorriso e pensar que o homem até tem razão. Vejam esta passagem:




[...] isto parece a república de bananas. O ministro da Saúde não fala com médicos; a ministra da cultura não é culta; a da educação não dialoga com professores. E o Primeiro-Ministro não vai a manifestações populares para não se misturar com o povo. 


publicado por MAV às 23:26

pesquisar

 

Outubro 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

comentários recentes

  • A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da ...
  • É homenagem a Portugal não vã...
  • obrigado pela informação
  • Buy your World Email Databases - Connect the World...
  • boas,caros colegas, acho impressionante o que se p...
  • Antes de mais dou os parabéns pelo bom gosto com q...
  • Parabéns pelo destaque!
  • Infelizmente a Troika não nos "safa" dos espertos....
  • Gostava de o desafiar a visitar o blog "Dez a fio"...
  • Bom dia,O Ideal Social está novamente em destaque ...

arquivos

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

2006:

 J F M A M J J A S O N D

links

DIVERSOS

------------------
------------------

O Ideal Social no seu E-Mail