déjá vu

Depois das declarações de Moita Flores e de Pina Moura, esta campanha eleitoral começa a parecer-se demasiado com uma outra do passado. A única diferença é que agora os apoios ao PS e ao PSD por parte de membros do partido contrário não surgem por lapso.

Lembram-se de Valentim Loureiro gritar num comício por "Guterres, Guterres" e, deste último, falar sobre a "onda laranja" que percorria o país

publicado por MAV às 02:49