uma dúvida

Estará o relatório sobre as pressões no "caso freeport" isento de pressões na sua elaboração?

publicado por MAV às 00:53