Dizem que é uma espécie de “provedor do munícipe”


«O gabinete do vereador José Sá Fernandes (BE)
custava ao orçamento da Câmara de Lisboa 20 880 euros por mês. Nove
assessores, uma secretária e um coordenador de gabinete. Salários
mensais entre 1530 euros e 2500 euros (fonte CM).
»

via "o anónimo"

E a isto Fernando? O que me diz?

Relembro que era vereador sem pelouro...
publicado por MAV às 23:28